Debate sobre as mudanças climáticas marca o encerramento da Cúpula de Prefeitos

Dando prosseguimento ao debate do início da tarde, os ex-prefeitos Ken Livingstone (Londres), Jaime Lerner (Curitiba), Mary Jane Ortega (San Fernando), Enrique Peñalosa (Bogotá) e Sam Adams (Portland) seguiram a discussão sobre como vencer a burocracia e desenvolver projetos sustentáveis para as cidades.

09/09/2015

Ken Livingstonte, Mary Jane Ortega, Enrique Peñalosa, Sam Adams e Jaime Lerner (Foto: Mariana Gil/WRI Brasil Cidades Sustentáveis) Ken Livingstonte, Mary Jane Ortega, Enrique Peñalosa, Sam Adams e Jaime Lerner (Foto: Mariana Gil/WRI Brasil Cidades Sustentáveis)

Com a moderação de Andrew Steer, a discussão foi retomada com uma das mais pungentes preocupações contemporâneas – as mudanças climáticas. Andrew lançou o questionamento sobre iniciativas que líderes municipais podem tomar para mitigar os efeitos das mudanças no clima e lutar contra o problema. Enfáticos em suas contribuições, os ex-prefeitos reforçaram uma mensagem já conhecida: a necessidade de mudanças que tornem nossas cidades mais sustentáveis.

Ken Livingstone destacou o papel desempenhado por nós, habitantes dos centros urbanos, no combate às mudanças no clima: “Nós, as pessoas, exercemos um impacto catastrófico nas mudanças climáticas – mas também temos uma responsabilidade tão grande tanto com as gerações futuras. E potencial para reverter o cenário atual. Precisamos agir agora para evitar problemas ainda maiores no futuro”.

Ano a ano, as cidades mostram-se mais ambiciosas e comprometidas com a luta pela sustentabilidade e contra as causas das alterações climáticas vividas hoje. Ex-prefeito de Bogotá, Enrique Peñalosa vê na sustentabilidade o caminho para os centros urbanos: “Muitas soluções para os problemas urbanos estão na sustentabilidade e na mobilidade. Precisamos tornar nossas cidades mais abertas às pessoas, mais caminháveis. As cidades têm uma grande responsabilidade no que diz respeito à sustentabilidade – está com elas o poder de mudar a realidade e conosco o poder de mudar as cidades”.

Embora ocupem apenas 2% da superfície terrestre, as cidades são as maiores responsáveis pelas emissões globais de poluentes. Por isso, como enfatizou Jaime Lerner, é nas cidades que a mudança precisa acontecer: “Uma vez que a maior parte das emissões vem das cidades, é nas cidades que precisamos focar ações para combater as mudanças no clima”. O ex-prefeito de Curitiba assinalou, ainda, que as muitas preocupações que assolam a vida urbana nas cidades hoje não podem ser esquecidas por seus líderes: O esforço que uma cidade faz no sentido de melhorar a qualidade de vida das pessoas repercute em todos os outros aspectos da vida urbana. Nenhuma cidade pode se afastar dos problemas de suas populações, mas todas precisam manter a preocupação com os problemas que afetam toda a humanidade: mobilidade, sustentabilidade e sociodiversidade”.

Sam Adams, que liderou a transformação em Portland, reforçou a importância de repensarmos nossos hábitos e o que isso pode representar na prática, no dia a dia nas cidades: “Quanto mais as pessoas deixam de dirigir, ou passam a dirigir menos, mais elas economizam – deixam de gastar comprando e mantendo carros e contribuem para reduzir emissões e melhorar a qualidade do ar e da própria vida nas cidades. É um desafio para moradores e prefeitos, mas precisamos enfrentá-los, dialogando e trocando experiências, a fim de evitar erros já cometidos”.

Prefeita de San Fernando, nas Filipinas por três mandatos, Mary Jane Ortega recebeu diversos prêmios por suas realizações como prefeita. Vinda do continente asiático, onde os estragos causados pelas mudanças no clima são mais frequentes, ela assevera: “Provavelmente muitos aqui não sintam diretamente os efeitos das mudanças climáticas. Mas quando vemos dez mil pessoas mortas por um furacão mudamos nossa perspectiva. Em cidades asiáticas, fenômenos naturais devastam milhares de pessoas. Por isso, estou feliz de fazer a minha parte. Ela pode ser pequena, mas é mais um passo em direção à mudança”.

Finalizando as atividades da tarde, de debates intensos e enriquecedores, Luis Antonio Lindau, Diretor do WRI Brasil Cidades Sustentáveis, agradeceu a presença de todos e atentou para um ponto em particular no que diz respeito às boas gestões municipais: “De todas as questões levantadas aqui hoje, me chamaram a atenção a paixão e o amor pelo que se faz. Contagiar tanto a população quanto sua equipe de trabalho. Suportar a dor e manter aquilo em que se acredita. Como lideranças municipais, isso é extremamente importante e se reflete na qualidade de vida das cidades. Temos certeza: todas as cidades, sejam elas pequenas ou grandes, mais ou menos ricas, podem ser bons lugares para as pessoas”.

Um presente para as cidades

Como forma de marcar seus dez de atividade com as cidades brasileiras, a EMBARQ Brasil lançou o livro “Mobilidade em 1 Instante”. A publicação une fotografias e textos para contar a história de dez cidades com as quais a EMBARQ Brasil trabalhou na última década. Rejane Fernandes, nossa Diretora de Relações Estratégicas & Desenvolvimento, sintetizou o que representa a publicação do livro: “Com este livro, nós comemoramos os dez anos de atuação da EMBARQ Brasil. Ele traz histórias de dez das cidades que fizeram parte da nossa história e nessa última década. São momentos de mobilidade – um passeio na praça, um encontro, um olhar. É um presente da EMBARQ Brasil para todos aqui hoje”.

Rejane Fernandes no lançamento do livro Mobilidade em 1 Instante (Foto: Mariana Gil/WRI Brasil Cidades Sustentáveis) Rejane Fernandes no lançamento do livro Mobilidade em 1 Instante (Foto: Mariana Gil/WRI Brasil Cidades Sustentáveis)

 

A EMBARQ Brasil agora é o WRI Brasil Cidades Sustentáveis.

Entre 10 e 11 de setembro, o Congresso Internacional Cidades & Transportes traz grandes temáticas como mobilidade e transporte; resiliência, vulnerabilidade e adaptação; desenvolvimento urbano sustentável; políticas públicas inovadoras; equidade econômica; novas tecnologias, entre outras, em mais de 30 sessões.

WRI BRASIL Marca 10 Anos Patrocinadores