Livro 10 Anos

Mobilidade em 1 instante, Livro de Histórias e Fotos

Uma homenagem da EMBARQ Brasil a cidades parceiras, através de textos e fotos de artistas locais, convidados para contar histórias em palavras e imagens, envolvendo aspectos da mobilidade urbana fortemente relacionados com o cotidiano das pessoas.

CURADORIA

O olhar de uma passageira de ônibus atravessando a cidade de São Paulo. Uma história de amor que quase tem fim em um táxi rumo ao aeroporto de São José dos Campos. Um cadeirante aproxima um casal de jovens em uma viagem de coletivo diante do pôr do sol em Florianópolis. Reflexos de passantes, carros e ônibus misturam-se às bicicletas do Museu da Bicicleta em Joinville.
Essas são algumas cenas presentes no livro que celebra os dez anos da EMBARQ Brasil e presta uma homenagem a cidades parceiras. A publicação reúne contos, crônicas e composições fotográficas de escritores e artistas de localidades brasileiras: Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, São José dos Campos, Juiz de Fora, Florianópolis, Salvador e Joinville.
Como as cidades são ocupadas e vivenciadas por seus habitantes? Como seus deslocamentos pela urbe nos falam de suas vidas, inquietações, desejos, sonhos? Perguntas como essas orientaram o trabalho dos escritores e artistas em torno da ideia de mobilidade urbana. São eles: Anuschka Lemos, Chico Mattoso, Eduardo Beltrame, Dirceu Maués, Fabrizio Motta, Gabriela Goulart Mora, Iacyr Anderson Freitas, Jacques Fux, Laura Erber, Leticia Kamada, Letícia Vitral, Luís Henrique Pellanda, Luiza Baldan, Mariana Galender, Paulo Roxo Barja, Pedro Motta, Priscila Lolata, Priscila Lopes, Rosa Bunchaft e Rubens da Cunha. A curadoria do livro é de Fernanda Albuquerque.

Fernanda Albuquerque é pesquisadora e curadora de arte. Doutoranda em História, Teoria e Crítica de Arte pelo PPGAV/UFRGS, Porto Alegre – com estágio na University of the Arts, Londres. Foi Curadora Assistente da 8a Bienal do Mercosul (2011), quando atuou como Coordenadora Curatorial da Casa M, e Curadora de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo (2008-2010). Em colaboração com outros curadores, curou mostras como Sinais de fumaça (CCSP, São Paulo, 2009), Passagens secretas (CCSP, São Paulo, 2008) e Campo Coletivo (Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, 2008). Trabalhou para o Projeto Educativo da Fundação Bienal de São Paulo, desenvolvendo seminários e publicações educativas (2010-2013), integrou o grupo de crítica de arte do Paço das Artes, em São Paulo (2007-2010), e trabalhou para o Instituto Tomie Ohtake, desenvolvendo cursos e publicações educativas (2006-2010).

Escritores

Luís Henrique Pellanda - Curitiba
Escritor e jornalista, autor de livros como "O macaco ornamental" e "Nós passaremos em branco", finalista do Prêmio Jabuti 2012. Atua como jornalista, entrevistador, curador, mediador, resenhista e cronista em diversos eventos e veículos de todo o Brasil.

Chico Mattoso - São Paulo
Nasceu na França, mas sempre viveu em São Paulo. Formado em letras pela USP, foi um dos editores da revista Ácaro e tem textos publicados em diversos jornais e revistas. Longe de Ramiro, seu primeiro romance, foi finalista do prêmio Jabuti. Também trabalha como roteirista.

 

Laura Erber - Rio de Janeiro
Sua prática artística vem se caracterizando pelo constante trânsito entre linguagens. Seu trabalho é motivado por uma constante necessidade de liberar os signos e renegociar campo verbal e campo visual. Suas obras foram exibidas em diversos festivais internacionais de cinema e vídeo, além de centros de arte no Brasil e Europa.

Iacyr Anderson Freitas - Juiz de Fora
É autor de, entre outros, Primeiro livro de chuvas (1991) e Lázaro (1995), além do ensaio Heidegger e a origem da obra de arte (1993).

 

Jacques Fux - Belo Horizonte
Despontou como escritor com o romance “Antiterapias”. Logo em sua estreia na ficção, venceu, no fim de 2013, o Prêmio São Paulo de Literatura, na categoria autor estreante, com menos de 40 anos.

Priscila Lopes - Florianópolis
Destaque em diversos concursos literários, em 2009 publicou seu primeiro livro de contos, “Uns traços, todos imponderáveis”. Em 2010 foi convidada a participar da antologia “Cantares Catarinas - A Nova Poesia Catarinense”, que reúne 21 autores da nova geração poética de Santa Catarina.

 

Rubens da Cunha - Joinville
É professor de Literatura e Língua Portuguesa. Doutorando em Literatura, na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, com pesquisa em torno da obra teatral de Hilda Hilst.

Gabriela Goulart Mora - Brasília
Jornalista, trabalha em projetos de desenvolvimento social e produz conteúdo sobre os direitos da infância e adolescência. Trabalhou em organizações não-governamentais e organismos internacionais no Brasil, Inglaterra e Índia. No exterior, começou a escrever o blog Tão Longe Tão Perto, num movimento de aproximação e distanciamento sobre o que poderia tornar-se familiar longe de casa.

 

Priscila Lolata - Salvador
É doutoranda em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia e graduada em Turismo pelas Faculdades Integradas Olga Metting. Possui experiência de docência no ensino de graduação e pós-graduação e atua na área de urbanismo contemporâneo e artes, com ênfase em História da Arte, Curadoria e Crítica.

Paulo Barja - São José dos Campos
Criador dos Cordéis Joseenses além de já ter publicado mais de 50 folhetos de cordel e 5 livros. Além disso, tem mais de 40 artigos publicados em periódicos acadêmicos nacionais e internacionais, um capítulo de livro internacional e mais de 200 trabalhos em anais de eventos. Atualmente divide seu tempo entre a docência, a pesquisa e as atividades artísticas (principalmente literatura e música).

 

fotógrafos

Anuschka Lemos - Curitiba
Formada em Comunicação Social (UFPR) e mestre em Artes (New School for Social Research) e Comunicação e Linguagens (UTP). Como fotógrafa, após ter atuado na área comercial, dedica-se a projetos autorais desde 2000. Expôs seu material em diversos países da America Latina.

Mariana Galender - São Paulo
Formada em Desenho Industrial, Faculdade de Belas Artes de São Paulo, e Artes Plásticas, Universidade de São Paulo. Na sua pesquisa são recorrentes imagens que trazem como assunto objetos comuns e banais do cotidiano e convidam a uma experiência do abandono, do silêncio, de escapes.

 

Luiza Baldan - Rio de Janeiro
Mestre e bacharel em Artes Visuais pela UFRJ e Florida International University. Em 2014 realizou a individual "Build Up" na galeria MdM em Paris e a coletiva "Cruzamentos: Contemporary Art in Brazil" no Wexner Center for the Arts. Publicou o livro "São Casas" em outubro de 2012.

Letícia Vitral - Juiz de Fora
Graduada em Artes e Design pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Entre agosto de 2011 e agosto de 2012 estudou Artes Visuais e História da Arte na Universidade de Siegen, Alemanha, onde teve contato intenso com as técnicas de revelação analógica e com correntes fotográficas históricas alemãs.

 

Pedro Motta - Belo Horizonte
Formado em desenho pela Escola de Belas Artes da UFMG, e trabalha com fotografia desde 1995. Lançou Paisagem Submersa, que retrata as comunidades ribeirinhas cujas terras foram parcialmente inundadas para formar o lago da Usina Hidrelétrica de Irapé, no leito do rio Jequitinhonha.

Eduardo Beltrame - Florianópolis
Engenheiro civil por formação e fotógrafo por paixão. Seu estilo de fotografia é casual e espontâneo, com fotos que capturam momentos decisivos e únicos, e que registram pequenos detalhes da vida, um ângulo diferenciado, uma cena exclusiva.

 

Fabrizio Motta - Joinville
Começou a estudar fotografia quando entrou no curso de Design. Em 2012 montou sua empresa e passou a atender o mercado de forma autônoma, com estúdio próprio e equipamento de última geração, focando sempre em qualidade e comprometimento para meus clientes.

Dirceu Maués - Brasília
Iniciou seus trabalhos como freelancer para jornais e revistas alternativas. Foi um dos fotógrafos selecionados para compor a publicação “Fotografia contemporânea paraense: panorama 80-90”, patrocinada pela Petrobras. Em 2003, retomou a produção autoral, adotando a técnica pinhole como linguagem estética.

 

Rosa Bunchaft - Salvador
Rosa Bunchaft, filha de brasileiros exilados políticos, nasceu em Nápoles, Itália. Vive em Salvador há 33 anos. Na Bahia, sua produção autoral surgiu na cena artística a partir de 2012, participando da XI Bienal do Recôncavo e dos Salões Regionais de Artes Visuais, onde foi contemplada com um prêmio.

Leticia Kamada - São José dos Campos
Formada em Comunicação Visual pela UNESP e especializou-se em Criação de Imagem e Som em Meios Eletrônicos. Como artista visual tem experiência e atua em fotografia, audiovisual, poesia (haikai) e intervenções. Compõe quase sempre em séries que retratam um lapso de tempo.

 

WRI BRASIL Marca 10 Anos Patrocinadores